A Liberdade

Junho 25, 2008

 

 A Liberdade

De quem está preso à vontade,

De alguém que perdeu a dignidade,

ou espera pela sua verdade.

 

A Liberdade

 

Pode ser uma eternidade

Num segundo, num minuto,

num momento derradeiro

que escapa com intensidade

 

A Liberdade

 

O que é esta palavra?

Ócio? Preguiça? Leviandade?

Para dizer a verdade,

Nem eu sei o que pensar.

Muitos vivem sem ela,

Outros nem nunca ouviram falar.

Poucos têm e não aproveitam

Outros procuram e hão-de achar.

 

A Liberdade

 

Eu tenha-a no pensamento

e invento formas de estar,

sem ela se tenho medo,

com ela para arriscar.

 

A Liberdade

 

Para escrever o que quiser

Sem me preocupar,

com análises estudiosas,

com as rimas emparelhadas,

com estrofes milagrosas,

com críticos sapientes.

Apenas, porque a liberdade

é aquilo que eu quiser,

sem nada para me ditar,

regras, normas em questão.

Escrever porque tenho vontade,

e se me dão permissão…

mostro aqui  o que faço,

não aguardo opinião,

mas se quiserem, porque não?

 

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: